Hashem

Hoje criei essa página sobre o projeto “Sociedade Dividida”, que pretendo continuar com ensaios em outros países. Comecei a escrever uns textos e buscar umas fotos do primeiro livro, Terra Santa, sobre a divisão na Cisjordânia. E escrevendo sobre a visita a Al-Khalil (Hebron), especificamente sobre a ida à casa de Hashem Azzeh, um ativista palestino que teve sua casa cercada por um assentamento e era obrigado a entrar e sair pelos fundos, não podia ter facas, teve suas oliveiras envenenadas e, de tempos em tempos, tinha seu lar invadido e destruído por colonos criminosos (não só por isso) que moravam a sua volta. Fui a procura de algumas informações sobre ele pela internet, por sites de ONGs que trabalham na região da Cisjordânia e matérias sobre como estava sua situação, já que vez ou outra ele era preso, interrogado, mas ainda assim se recusava a abandonar sua terra. Infelizmente descobri que há dois meses ele foi morto durante uma manifestação em Hebron, ele inalou gás e não foi socorrido a tempo, principalmente por conta dos bloqueios na cidade. Lendo uma entrevista de sua esposa, um mês após a sua morte, ela disse que desde então estão proibidas visitas à sua casa e que a situação ficou ainda pior do que era.

reduzidas-6
Hashem, em sua casa, durante minha visita em fevereiro de 2014. 

Como eu escrevi na introdução do livro, “A Palestina é um território por onde obrigatoriamente passa um capítulo importante da história mundial. Um onde a linha que separa o entendimento da intolerância é mais tênue. O maior sacrifício será conseguir reverter o ódio que a atual e as futuras gerações carregam e vão carregar pelo erro dos outros. Muçulmanos morreram, judeus morreram. Hoje um lado é certo e outro errado. No passado foi o contrário. E por conta dessa alternância, o outro é sempre errado. Enquanto não houver correção para que se olhe para trás e os fatos possam ser baseados em bons exemplos, só nos resta aguardar uma eterna e ineficaz tentativa de paz”. Uma pena.

Anúncios

Um comentário sobre “Hashem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s